terça-feira, 22 de setembro de 2015

Projeto replanta caatinga ao longo dos canais do Projeto de Integração do Rio São Francisco

3753944_x360O Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está desenvolvendo um projeto para recuperar áreas degradadas da caatinga e catalogar todas as espécies nativas, em um raio de milhões de hectares ao longo dos canais do Projeto de Integração do Rio São Francisco.
Realizada com recursos do Ministério da Integração Nacional, a iniciativa é uma exigências do Ibama para atenuar os impactos da maior obra hídrica do Brasil sobre o bioma da caatinga. Por causa da falta de chuvas, os técnicos estão realizando o plantio das espécies nativas às margens dos canais, para manter as plantas umedecidas em períodos de seca.
A ideia inicial era plantar em linhas, como é mais comum, mas testes demonstraram que 85% das árvores iriam morrem em 24 meses. Desde dezembro de 2014 as áreas de plantio são protegidas por cercas verdes de cactáceas, como xique-xique e macambira, para manter os animais distantes das espécies cultivadas.
Da redação do Blog Alvinho Patriota

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...