segunda-feira, 9 de março de 2015

Compesa e Prefeitura de Cedro adotam medidas para evitar vazamentos na rede de água

DSCN9974A Compesa, em parceria com a Prefeitura de Cedro, adotou medidas para reduzir a pressão da água na cidade, com objetivo de solucionar problemas de estouramentos na tubulação da cidade. Atendendo pedido do prefeito Josenildo Leite Soares, o Gerente Regional da Compesa, Januário Nunes de Carvalho, visitou a cidade no início desta semana. Os dois vistoriaram a Estação de Tratamento de Água e as ruas que foram afetadas pelas rupturas de canos.
Segundo a Compesa, o que tem provocado o rompimento de vários canos é a alta pressão nos encanamentos, devido o funcionamento da adutora do Sítio Abatedor. Em operação desde novembro de 2014, a adutora tem vazão de 100 mil litros água/hora, o suficiente para abastecer o município pelos próximos 30 anos. Enquanto muitas cidades sofrem com a seca, Cedro está com o abastecimento garantido.
A melhoria no abastecimento trouxe outro problema. Os vazamentos estão danificando as obras de asfaltamento, que atualmente cobrem 70% do total de ruas. Para resolver o problema é preciso cavar para chegar até o vazamento a ser arrumado. Apesar do serviço de manutenção ‘tapa buraco’, as vias irregulares e esteticamente disformes. Isso motivou o prefeito a buscar solução.
Algumas ações foram implementadas no sentido de reduzir a pressão de água no centro da cidade. O tempo de funcionamento da adutora durante o dia passou de 10h para 6h. O registro de distribuição de água, que antes era aberto em 36 voltas, foi regulado para cinco voltas. Nos horários de baixo consumo de água, nos turnos da tarde e noite, a regulagem do registro pode ser ainda maior, até três voltas.
Da redação do Blog Alvinho Patriota/ Foto PortalCedro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...