segunda-feira, 9 de março de 2015

Vereador Aldenir Santos (Pelé) divulga nota sobre os 51 Anos de Emancipação Política de Cedro

10420176_751853014891607_4784128197042090576_nCedro comemora nesta sexta-feira (19) seus 51 anos de Emancipação Política. Aproveitando a data, o vereador Aldenir Santos, o “Pelé”, enviou nota para a redação do Blog Alvinho Patriota, falando sobre a situação do município. No texto o vereador da oposição fala de algumas deficiências da atual administração e lamenta o cancelamento da festa que seria realizada hoje com Mano Walter, em comemoração à data.
Confira o texto:
O sentimento de abandono nos toma conta ao comemoramos os 51 anos de Emancipação Política do Município de Cedro.
É grande o número de reclamações e denúncias de supostas irregularidades na atual administração e do mau tratamento dado a população, que recebemos todos os dias e disso, faço sistematicamente, na Tribuna da Câmara meu palanque de desabafo aos descasos administrativos e cobranças ao prefeito e dos secretários ações que visem melhorar a qualidade de vida da população, tanto na área urbana quanto na zona rural.
Estamos cansados de sermos cobrados, pela população da inoperância da gestão do Município para todas as áreas do governo. A situação é lamentável: falta de medicamentos na Farmácia Básica e PSFs; ausência de médicos plantonistas; falta de assistência técnica aos agricultores; servidores da saúde sem receber o adicional de insalubridade, instituído em lei municipal; pagamentos indevidos a cargos comissionados e pensões ilegais; excesso de contratados e ao mesmo tempo com salários atrasados a mais de três meses; professores efetivos sem salário justo, sem nenhuma gratificação legal como, por exemplo, o pó de giz, que é uma gratificação de 30%, dentre outras.
Para se ter uma noção do descaso, o ultimo reajuste aos servidores municipais aconteceu no ano de 2005. Depois disso somente para alguns poucos, através de leis especificas, que contemplam “os amigos do rei”, a partir de ameaças de rompimento político.       
É preciso o Poder Executivo planejar, fazer um levantamento para saber onde cortar custos e não deixar servidores sem seus vencimentos mensais correntes e o décimo terceiro.
Impressiona quando o Tribunal de Contas de Pernambuco publica que o Município de Cedro está entre os que menos gasta com folha de pagamento de servidores. E o faz como se fosse uma vantagem. Os dados são impressionantes, pois os municípios não podem ultrapassar 60% (54% Executivo e 6% Legislativo) e Cedro ficou em segundo lugar, com apenas 31,03%. Pelos dados apresentados, a gestão de pessoal é extraordinária se conseguir manter os serviços públicos funcionando adequadamente. Ao contrário disso, o que presenciamos é uma completa falta de infraestrutura nos serviços públicos.
Até na questão de lazer e entretenimento, o Município se definhou. A Festa de Aniversário da cidade, que deveria acontecer nos dias 19 e 20 de dezembro foi cancelada, sem nenhuma explicação plausível.
Isso nos deixa pensativos sobre os reais motivos desse cancelamento: Final de ano, muitos acordos, sequência de vitórias do Prefeito numa Câmara, antes com a maioria de oposição. E na sequencia, cancelamento de festas. Qualquer semelhança é mera coincidência.  
Cedro, 51 anos e pouco a comemorar.
Mesmo assim, comemoremos os sonhos desse povo, que um dia haverá de ver uma cidade melhor pra se viver.
Vereador Aldenir Santos, o Pelé (PT)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...