sábado, 2 de agosto de 2014

Criança teve braço amputado após ser atacada por tigre em zoológico

Um menino de 11 anos foi atacado por um tigre no zoológico da cidade de Cascavel, no Paraná, na tarde desta quarta-feira (30). A vítima teria sido atacada após colocar o braço para dentro da jaula numa “brincadeira” com o animal. A criança teve o braço amputado, na altura do ombro, mas não tem risco de morte. O menino está internado no Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP).
O garoto teria invadido a área de segurança com o pai, próximo à grade do animal. Ele foi mordido no braço quando tentava alimentar o tigre. O pai do menino foi detido e levado para delegacia para prestar depoimento. Após conversar com as autoridades, ele foi liberado. A criança mora na cidade de São Paulo e veio passar as férias na casa do pai. O garoto voltaria das férias na quinta-feira (31).
O garoto teve o braço dilacerado, sendo impossível a reconstituição. A criança não precisou ser encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O caso chamou a atenção porque diversos visitantes alertaram o pai e também a criança dos riscos de mexer com o animal. A criança estava em uma área não permitida.
A bióloga do zoológico, Vanilce Oliveira, declarou que o menino já havia alimentado um leão momentos antes do ataque. A prática é proibida. Algumas pessoas fizeram imagens do momento em que o garoto tratava o animal. "O pai permitiu que a criança adentrasse uma zona proibida no zoológico, que é a área que mantém o afastamento do público com o animal", disse a bióloga ao jornal Folha de S. Paulo.
A segurança do zoológico é feita por seis guardas municipais. Uma das funções dos guardas é impedir que visitantes ofereçam comida aos animais. De acordo com Lauri Dall'Agnol, chefe da guarda, a corporação irá verificar se houve falha na segurança.
Via DP

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...